Use a internet a seu favor na hora de escolher um candidato

Brasil

Daqui aproximadamente um mês você estará escolhendo o candidato que cuidará da sua vida pelos próximos 4 anos, como também os senadores que votarão leis para melhorar ou piorar a sua vida no dia-a-dia, não dá pra dar mole. Escolher o melhor candidato é praticamente questão de honra, ou você tá disposto a agüentar mais 4 anos de trânsito ruim, poluição, buracos nas calçadas ou qualquer outro problema que te afete diretamente? Mas por outro lado você pode votar nulo como uma forma de protesto contra o sistema. Aqui você vê as melhores fontes de informação na internet sobre o assunto.

Como escolher um candidato

Você prefere que sua cidade invista nas empresas e no desenvolvimento econômico ou no transporte público? Os candidatos estão fazendo promessas infinitas nestas épocas de eleição, é uma festa; Inaugurações aqui, festas pra levantar doações acolá, mas planos que é bom, nada. Primeiramente procure saber qual partido se encaixa melhor nas suas ideologias. A superinteressante de agosto de 2008 tem na última página um infográfico que torna a escolha muito simples.

INFROGAFRICO_SUPER

Depois de escolher o seu partido, veja qual o candidato a presidente que está concorrendo pelo partido e os candidatos a senadores. É bem provável que eles já defendam seus ideais “automaticamente” (daí que é bom escolher muito bem um partido político). Por exemplo o PT tem uma fama de partido mais agressivo nas suas idéias, enquanto o PMDB já prefere o diálogo e medidas menos drásticas. Sites de partidos (descubra com qual você se identifica mais):

Caso o partido de algum candidato não seja um dos anteriores, tente descobrir se eles são afiliados ou apóiam um destes. Eu não apóio esta idéia de escolher partido se você não é muito engajado na política, porque são muitos partidos(9 citados aqui e mais centenas, senão milhares), nos EUA por exemplo só existem democratas e republicanos e em outros países a regra é quase a mesma: esquerda e direita. Então veja quais são os candidatos de sua cidade sem levar em conta o partido caso achar muito complicado. Você pode consultar quais candidatos estão concorrendo para vagas de presidente e senadores e deputados federais no site do Tribunal Superior Eleitoral aqui. Lá você encontra informações sobre

  • Aptidão de um candidato para concorrer ao cargo.
  • Nome na urna e nome completo (você vai precisar dele pra conferir se ele está respondendo algo judicialmente).
  • Partido e coligação (que são partidos que apóiam).
  • Número.
  • Data de nascimento.
  • Escolaridade.
  • Estado Civíl.
  • Nacionalidade e Naturalidade.
  • Atual profissão.
  • Declarações de bens do candidato (casas, carros, ações, poupanças, etc. e quanto cada um custa).
  • Depois que as eleições acabarem, os doadores de campanha terão seus nomes divulgados no site (como empresas que doaram muito dinheiro).

Vale lembrar que a vaga é do partido e não do candidato para senadores e deputados, caso ele renunciar, quem vai colocar alguém no lugar é o partido. O site da Veja criou um teste com frases de todos os presidenciáveis, é só ir escolhendo e no final ele te dá o resultado com qual candidato você se identifica mais Depois de escolher o partido ou candidato, pesquise o passado dos seus candidatos: Quais cargos ele já ocupou, que leis ele votou, que promessas ele tem para a próxima eleição (os sites dos partidos tem informações a respeito e alguns candidatos também tem seus próprios sites), procure mais informações sobre os projetos dos candidatos também porque só prometer todo mundo consegue. Candidato sério não diz que vai melhorar o transito, apresenta detalhamento sobre recursos que vai investir no transito e como vai melhorá-lo.

Saiba o que Um Candidato Pode Fazer

De pouco adianta um presidente prometer que vai acabar com algum problema se ele não pode acabar com ele. Os poderes são bem separados no Brasil.

O que o presidente faz

  • Firma acordos políticos com outras nações;
  • Sanciona ou revoga leis que o congresso nacional criou. Sejam elas inconstitucionais ou sem interesse público;
  • Zela pelo bem estar do país (por exemplo, decretar estado de calamidade pública pra utilizar verbas especiais no caso de uma enchente);
  • Liberar verba (dinheiro de imposto vai pra educação? Ele quem decide e os senadores/deputados que aprovam);
  • Usar seu lobby para conseguir que empresas se instalem no país;

O que faz um senador

  • Elaborar leis;
  • Discutir e votar projetos de lei de iniciativa do Presidente da República e dos tribunais superiores;
  • Aprovar verbas depois de o presidente decidir onde o dinheiro será investido (caso houver alguma modificação, a aprovação de verba volta pro presidente sancionar ou revogar);
  • Fiscalizar as contas da união;
  • Fiscalizar e controlar os atos do presidente;

O que faz um deputado federal

  • Elaborar leis;
  • Ele pode propor, emendar, alterar, revogar, derrogar leis, leis complementares, emendas à Constituição federal e propor emendas para a constituição de um novo Congresso Constituinte (para confecção de nova Constituição);
  • Atender, pessoalmente, ou através dos seus assessores, os seus eleitores, segmento social ou região, sempre que possível, ouvindo pedidos e encaminhando-os aos órgãos governamentias ou apresentando-os em plenário;

Pra resumir a diferença entre senador e deputado: basicamente os deputados representam o interesse do povo enquanto os senadores representam o estado. O presidente não pode chegar prometendo que vai investir em educação ou no setor industrial porque sozinho ele não pode, depende de seus aliados partidários. Ele chama um deputado federal ou senador e conta a proposta, esse sugere pra casa e assim que a roda gira. Parece “fútil”, mas o presidente tem muita influência diante de seus companheiros administrativos.

Investigando o Passado Negro do Seu Candidato

A Lei Ficha Limpa, que torna inelegível para candidatura os candidatos que estão respondendo a processos ou que já foram condenados, está em vigor, mas cada caso é um caso e a Justiça Eleitoral que decide no final quem é que vai concorrer ou não. Pra ver mais informações sobre candidatos que estão com a Ficha suja ou respondendo a processos, a ONG Ficha Limpa criou um site com informações detalhadas.

Anarquista? Votar Nulo ou em Branco?

Se você realmente não achou nenhum candidato bom para o seu gosto, não quer votar em ato de protesto ou simplesmente é blasé, então a melhor opção pra você é votar em branco ou nulo. No caso do voto nulo, você joga seu voto fora, não vai mais valer pra nada. É a melhor forma de protesto contra o sistema.

“Poucos vão se impressionar, tal o nível de desapreço à opinião do eleitor, que se mede pelo cinismo com que políticos trataram os recentes episódios de corrupção”, diz Claudio Weber Abramo, diretor-executivo da organização Transparência Brasil, entidade que reúne organizações não-governamentais de combate à corrupção. “O voto de protesto chegou a fazer sentido na ditadura. Hoje, não.” (via Superinteressante outubro 2009)

Um voto nulo é acarretado quando você digita um número errado na urna (tipo 00), estima-se que aproximadamente 2/3 destes votos são decorrentes de erro e falta de informação. Um voto em branco diz: “To nem aí, pode eleger qualquer um”. Daí o candidato que tiver mais votos no último turno que fica com os votos. Quer dizer que você vota no candidato que a maioria votar (nota que não vale o mesmo para eleições presidenciais).

Vota Brasil!

Lembre-se que um voto faz toda a diferença sim (perdão pelo clichê). E não esqueça, que se você, com acesso a internet e informação votar nulo ou deixar seu voto de lado, uma pessoa com menos informação vai votar em um candidato que ela “gostou da cara” ou porque fez promessas nulas, faça seu voto valer, seja nulo ou não.

– Discutir e votar projetos de lei de iniciativa do Presidente da República e dos tribunais superiores;

Comentários

  1. Prezado:

    Parabéns pelas orientações. Já que o tema é usar a Internet, gostaria de sugerir aos eleitores-internautas o sítio do projeto Excelências (www.excelencias.org.br), mantido pela Transparência Brasil. O projeto é dedicado à reunião de informações sobre todos os parlamentares em exercício nas principais Casas legislativas brasileiras: Câmara dos Deputados, Senado, Assembléias Legislativas estaduais e Câmaras de Vereadores das capitais. São 2632 políticos. Cerca de 40% deles concorrem às eleições este ano. Há informações sobre processos a que respondem na Justiça (centenas de políticos, e não apenas meia dúzia), como gastam sua verba indenizatória, se vão trabalhar, quem foram seus financiadores em eleições passadas, evolução patrimonial e muito mais.

    Atenciosamente,

    CWAbramo
    Diretor executivo
    Transparência Brasil

  2. Claudio Weber Abramo, eu havia passado pelo site da Transparência Brasil, mas não tinha muita infromação sobre as eleições municipais (ou talvez eu não achei). Mas vou incluir o site excelências e os dados no artigo, muito obrigado!

    Marcio Melo wow! Brigadão, tentei deixar do jeito simples, ninguém nunca explica como é fácil votar! Obrigado!!

    Thi Marquues muito obrigado meu caro!

  3. VOTE BEM – OS DEZ NÃOS

    1º – Não deixe de votar, valorize o seu voto
    2º – Não vote contrariando a sua opinião, o seu voto é secreto
    3º – Não vote para contentar parentes ou amigos, escolha o melhor candidato
    4º – Não venda o seu voto, garanta a sua liberdade de escolha
    5º – Não troque o seu voto por favores, o seu voto é livre e soberano
    6º – Não vote sem conhecer a capacidade e o programa do candidato
    7º – Não vote sem conhecer a competência e o passado do candidato
    8º – Não vote sem conhecer o caráter do candidato, o seu voto merece respeito
    9º – Não deixe nenhuma pesquisa mudar o seu voto, use de sua firmeza
    10º – Não vote em candidato com Ficha Suja, deve ser Ficha Limpa

    ESCOLHA BEM NA HORA DE VOTAR
    http://www.monav.com.br

    Divulgação das mensagens
    Citando a fonte, fica autorizada pelo Movimento Nacional Pela Valorização do Voto – MONAV- para todos os meios de comunicação, desde que se respeitem as leis do País, a divulgação de todas as suas mensagens dirigidas aos eleitores.

Comente

Sobre o Jardel

Já fui modelo, barman e vendedor, hoje trabalho com esse mundo louco que é a internet. Aqui você encontra posts escritos por mim desde os meus 16 anos e no meio deles talvez algo útil pra sua vida.

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor